sexta-feira, 19 de julho de 2019

Franciscanos e mais 70 católicos presos, nos Estados Unidos, por defender imigrantes

Cerca de 70 pessoas, que carregavam fotos de crianças imigrantes que morreram enquanto estavam sob custódia em centros de detenção norte-americanos, foram presas na quinta-feira, 18 de junho, enquanto protestavam no Capitólio, em Washington, contra a política de imigração do governo de Donald Trump.

A Rede Franciscana de Ação, um grupo católico em defesa dos direitos humanos, convocou a manifestação nos escritórios do Senado Russell*, parte do complexo do Capitólio, para protestar contra as condições desses centros, porque, acusam, que ele constituem uma violação aos direitos humanos.



Cerca de 200 padres, frades, freiras e outras pessoas no chão de mármore do prédio  do senado Russell.

“Nosso país nasceu na escuridão do que agora chamamos pecado original. E agora, uns
Foto: Mackenzie Harrys/Faith in Public Life
200 anos mais tarde, pensamos que havíamos começado a superar esses pecados. No entanto, nestes dias, Donald Trump está nos arrastando de volta àqueles tempos malignos, com uma combinação de medos irracionais, ódio de pessoas que não são dele e de pura crueldade. O que é quase tão maligno, é que os chamados cristãos apoiam e aplaudem e possibilitam essa descida para uma nova era de trevas na América. Estamos falando sobre as evidências disso, nessas ações hoje. Estamos particularmente citando a desumanidade que ocorre, mesmo enquanto falamos, nas nossas fronteiras do sul. É por isso que pedimos aos nossos milhões de irmãs e irmãos católicos, particularmente nossos bispos, que participem da luta pela alma da América”, declarou o frei Joe Nangle, de Justiça, Paz e Integridade da Criação da Província Franciscana  do Santíssimo Nome, preso na manifestação no Dia Católico de Ação pelas Crianças Imigrantes.

Foto: Mackenzie Harrys/Faith in Public Life
"As imagens de crianças em condições deploráveis e insalubres, sem acesso a chuveiros por semanas, incomunicáveis e dormindo em pisos de concreto sem cobertores, nos forçaram a ficar em solidariedade e dizer 'não em nosso nome'", discursou a irmã Áine O. Connor, uma das manifestantes presas.


Entre os presos, há vários padres, frades freiras e leigos que denunciaram as condições desumanas em que as crianças migrantes estão sendo detidas.

FONTE: Paz y Bien, Franciscans Action Network
*O prédio de escritórios do Senado Russell é o mais antigo dos edifícios de escritórios do Senado dos Estados Unidos.

48 comentários:

  1. Que vergonha. Algemaram até a freira.

    ResponderExcluir
  2. É triste observar esses episódios,onde defender o humano, ter empatia pelo próximo virou motivo de criminalização. E quando há os ditos cristãos que apoia esses absurdo, fico mais triste ainda!!!

    ResponderExcluir
  3. É um absurdo o que está acontecendo. É irracional e desumano. Temos mesmo que denunciar! É o maior pecado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente,alguma coisa tem que ser feita contra essa desumanidade!

      Excluir
  4. É inacreditável que nos tempos atuais, aconteça esta desumanidade, que infelizmente ocorre também no Brasil.

    ResponderExcluir
  5. PARECE QUE O NAZIFASCISMO IMPERA POR LÁ TAMBÉM. JÁ TENTARAM AVACALHAR COM OS PAÍSES DA AMÉRICA CENTRAL, TENTAM À TODA HORA FAZER O MESMO COM O MÉXICO E QUE DIZER DA VENEZUELA? A DOUTRINA MONROE NÃO SE AUTO APLICA, QUER DIZER, É HIPÓCRITA!

    ResponderExcluir
  6. Assim o 0 presidente.do Brasil quer fazer aqui,.para ele no brasil.ninguem passa fome.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não misture, isto aconteceu nos Estados Unidos olha o Mapa. Não seja esquerdista.

      Excluir
    2. Ngm passa fome,pq o Lula tirou td mundo da pobreza,esqueceu?

      Excluir
    3. O que tem haver uma coisa com a outra? Estar se falando dos Estados Unidos e não de Lula!

      Excluir
  7. Esse exemplo de Democracia??? está cada dia mais sem credibilidade alguma. Defender o ser humano passou a ser crime em países com governos fascistas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E nem um desses países é a Venezuela né?! Sempre bom lembrar e o presidente não é o Maduro.

      Excluir
    2. Coloque seu nome! Muito fácil dizer " esquerdista" e não se mostrar...é fugitivo da Justiça defensor dd Nazistas e FASCISTAS?

      Excluir
  8. Que tristeza! Um absurdo em pleno século XXI.

    ResponderExcluir
  9. Estamos perigando passar por essa desumanidade aqui no Brasil. E onde estão nossos irmãos cristãos? Tenho uma admiração enorme pelos franciscanos. Aonde vão lutam pelos mais fracos. Deus os abençoe.

    ResponderExcluir
  10. Somos cristãos, mais é necessário ver a origem dos problemas, talvez se a igreja fizesse isso nos países de origem às coisas não gerariam a esse ponto.todo estado tem direito e dever
    de proteger seu povo. O grande culpado são as más administração dos países da América latina. A onde a corrupção impera e o povo tem que sair, pra procurar um futuro melhor. É o caso da vizinha Venezuela a onde a população foge pra procurar melhor condições de vida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MEu amigo, os problemas da América latina são causados pela política exploratória e de colonização deles, dos embargos...
      Eles estão recebendo de volta o problema que eles têm causado em varias partes do globo...
      É muito fácil mandar voltar de onde vieram... mas como disse uma vez um estudante universitário iraquiano nos EUA: nós sairemos do país de vocês quando vocês saírem do nosso!

      Esse é o preço da colonização, que o colonizador não quer dividir...

      Ignorância extrema jogar a culpa na vítima...
      A doutrina cristã definitivamente não é essa defendida pelas famílias de bem...

      Cristo era amor, compaixão, empatia com a dor do próximo... defendeu os miseráveis, os imigrantes, os doentes, até os ladrões e prostitutas...

      Todo ser humano merece ser tratado com dignidade e merece uma segunda chance, foi isso que ele ensinou meu irmão cristão separarista...

      Que Deus abençoe e ilumine a mente dos seus filhos...

      Excluir
    2. Correto. Mas o nosso amigo acima, fala em ir à origem do problema culpando os governos da América Latina. Infelizmente, não sabe que esses governos, quase todos são capachos do império do norte, que põe e tira governo quando não serve aos seus interesses. Ir à origem ser ver o papel do império é não ir a nada.

      Excluir
    3. Agora a corrupção virou a palavra chave para todas as mazelas sociais. Esta é apenas uma conseqüência da desigualdade e da exploração que de fato é o que impulsiona todo o funcionamento de nossa sistema. Mas construir um pensamento contra hegemônico não é tarefa das mais fáceis. Refendar a lógica dos poderosos é mais confortável para quem tem a ilusão de estar debaixo de seu guarda-chuva.

      Excluir
  11. Quem já leu o viu a série o Conto da Aia? A ficção se tornando realidade. Medo!!!!

    ResponderExcluir
  12. Ha um ditado popular que diz quem pariu o Matheus que o embale . Parabens Donald Trump vc eata certissimo em defender a soberania do seu pais os que se perderam no socialismo comunista que se refugiem em cuba ou na venezuela ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com este pseudônimo fica mais fácil vonutar nos comentários. A ênfase da matéria é sobre prisões de religiosos .se vc concorda com isto, realmente é caso para psiquiatra. Não podem ter alguém discordando. Tem que mandar embora. Cambada de idiotas

      Excluir
  13. Senhor, socorra-nos e livra-nos destes monstros...

    ResponderExcluir
  14. Estavam manifestando dentro do Capitolio, se fosse na rua ninguém seria preso, o local exige segurança máxima. A manifestação pode ser legítima, mas local inadequado, é vê-se pelo vídeo q os agentes de segurança solicitaram antes q eles saíssem, por isso procederam desta forma, e não houve agressões.

    ResponderExcluir
  15. Um absurdo o que aconte com a humanidade, se perde um visões de mundo duais, presa no seu "certo e errado", não sejamos ingênuos, não esqueçamos do quanto a própria igreja "em nome de DEUS" matou, se apropriou de terras e seres humanos, do quanto de ódio ela mesmo instiga ao falar do "pecador"; acho maravilhoso e agradeço poder ver essa mudança na forma de uma instituição tão poderosa se posicionar diante de atrocidades que muutas vezes els viu e silenciou. Obrigada DEUS por clarear a visão e abrir os corações de todos os seres, que o mundo siga os passos de Jesus, que acolha à tidos sem distinção de credo, cor, gênero...que o amor de Cristo seja nosso caminho e salvação! Amém.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Colega, acho que você não entendeu nada da história, não compreendeu nada do que é ser humano e muito menos entendeu do que foi e é a Igreja neste mundo. Sinto muito, mas aconselho você a rever sua própria visão de mundo, pois acho que Deus realmente iluminou sua visão, porém você interpretou algumas coisas erradas da iluminação de Deus. Que realmente Cristo seja nosso caminho e salvação! Rezo para que Ele ilumine sua mente para compreensão da realidade do ser neste mundo.Amém!

      Excluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Meu Deus nos acuda. Que situação triste e deplorável, ser humano é crime? Aonde vamos parar.

    ResponderExcluir
  20. Meu Deus nos acuda. Que situação triste e deplorável, ser humano é crime? Aonde vamos parar.

    ResponderExcluir
  21. Esta é a política do presidente Trump pena que meu Brasil está indo no mesmo caminho ...

    ResponderExcluir
  22. PAPA FRANCISCO, A DECISÃO NÃO É DE APENAS REZAR, OU ORAR PELOS PADRES, FRADES E FREIRAS PRESOS NOS U.S.A.!

    Na espécie fática dessa grave violência identificada na fotografia de rodapé, se imporia que o Secretário de Estado do Vaticano, concedesse "status" diplomáticos aos religiosos os quais atuam nas áreas humanitárias de países do viés ideológico de ação policial forte, e que fiquem à disposição das Nunciaturas Apostólicas, as embaixadas da Santa Sé em todo o mundo, ao fato do Vaticano ser um Estado-nação teocrático, quanto ao que seus clérigos possam gozarem de garantias diplomáticas ao que concerne as imunidades, sobretudo nessas manifestações pacíficas, e humanitárias, não se submetendo ao sistema judicial de países onde estão acreditados como preconiza as duas Convenções de Vienna sobre as imunidades diplomáticas.

    Cinge-se dessa manifestação de consciência, se almejar que o alto dignatário do Vaticano não se posicione pacificamente que apenas irá rezar, ou orar para que as vítimas dessa violência desse Estado policial norte-americano sejam libertadas.

    Nesse contexto, indigna-se quando se sabe que essas prisões fora ao fato de protesto pacífico dos religiosos católicos da América do Norte, os quais apenas exibiam fotografias de crianças imigrantes em estado de absoluto maus tratos das autoridades de imigração dos Estados Unidos "in verbis":

    "As imagens de crianças em condições deploráveis e insalubres, sem acesso a chuveiros por semanas, incomunicáveis e dormindo em pisos de concreto sem cobertores, nos forçaram a ficar em solidariedade e dizer 'não em nosso nome'", discursou a irmã Áine O. Connor, uma das manifestantes presas.

    Entre os presos, há vários padres, frades, freiras e leigos que denunciaram as condições desumanas em que as crianças migrantes estão sendo detidas."

    Na matéria jornalística do jornal "on line" FALACHICO.ORG, o frei Joe Nangle, de Justiça, Paz e Integridade da Criação da Província Franciscana do Santíssimo Nome, se expressou "verbis":

    'O que é quase tão maligno, é que os chamados cristãos apoiam e aplaudem e possibilitam essa descida para uma nova era de trevas na América. Estamos falando sobre as evidências disso, nessas ações hoje. Estamos particularmente citando a desumanidade que ocorre, mesmo enquanto falamos, nas nossas fronteiras do sul. É por isso que pedimos aos nossos milhões de irmãs e irmãos católicos, particularmente nossos bispos, que participem da luta pela alma da América”, declarou o frei Joe Nangle, de Justiça, Paz e Integridade da Criação da Província Franciscana do Santíssimo Nome, preso na manifestação no Dia Católico de Ação pelas Crianças Imigrantes."

    É como penso, salvo melhor juízo!

    João Pinho, foi Conselheiro da O.A.B.-BA, e diplomata honorário/membro de delegação do Governo do Brasil, credenciado pelo Itamaraty à Conferência Interamericana sobre o Narcotráfico da O.E.A, e pelo Ministério da Justiça à Organização das Nações Unidas (ONU) à Conferência Contra o Crime e Drogas da United Nations Office on Drugs and Crime de Vienna.

    ResponderExcluir
  23. Não devemos chamar isso de CRISTÃOS JÁ mas.

    ResponderExcluir
  24. Não acredito que as crianças estão sendo maltratadas e que morreram 70 em consequência disso . Assim como o Lula dizia que no Brasil existem 30 milhões de crianças abandonadas nas ruas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você esteve presente para dizer que é mentira? Ou por acaso anda nas periferias do Brasil olhando nas geladeiras das famílias carentes? A questão aqui não tem nada a ver com com partido a ou b lula ou Bolsonaro mais de crianças que sofrem longe das suas famílias que são maltratadas mortas por falta de humanidade de muitos que falam até que são cristãos, hipócritas Jesus Cristo veio ao mundo e pediu que cuidassemos das crianças ao contrário do que o mundo está fazendo do que os Estados Unidos está fazendo.

      Excluir
  25. Este site é de comunistas nojentos mentirosos e propagandistas. Deviam ser presos. Mas presos de verdade. Não presos falsamente como o caso desta notícia.

    ResponderExcluir
  26. On est dans quel monde. C'est triste mais Dieu est au contrôle.

    ResponderExcluir
  27. Muito triste!!! Cruel....assistir a desumanidade, a intolerância ainda assombrando nossas mentes e os nossos corações de cristãos!!...

    ResponderExcluir
  28. Este tipo de situações, muito para além do aparecimento da "personagem" Trump, insere-se no contexto mais alargado da inversão de valores a que por estes dias assistimos e à mediocridade das classes dirigentes que daí advêm...

    ResponderExcluir
  29. O Brasil está seguindo a passos largo este exemplo de ultra direita.

    ResponderExcluir