sexta-feira, 18 de junho de 2021

NOTA DE SOLIDARIEDADE A DOM VICENTE FERREIRA


Dom Vicente Ferreira, bispo auxiliar de Belo Horizonte e responsável pela região episcopal onde ocorreu o crime da Vale, em Brumadinho, é um profeta em nosso meio. 

Suas posições claras na defesa da vida,  principalmente dos "descartáveis", e contra "essa economia que mata" (pessoas, o  meio ambiente e a relação com um Deus amoroso) têm incomodado os arautos do moralismo e os defensores de necropolíticas que excluem, condenam,  segregam; enfim, matam.

Se por um lado Dom Vicente é atacado por servidores do deus-dinheiro e organizações religiosas fundamentalistas, como o Centro Dom Bosco, por outro, ele recebe o apoio,  a solidariedade e o afeto de milhões de cristãos comprometidos com a paz, a justiça e  a solidariedade, "para que todos tenham vida e vida em abundância".

Com Dom Vicente enfrentaremos os pseudo-profetas que, disfarçados em peles de cordeiro, propagam ódio,  mentiras,  calúnias e todo o tipo de ataque àqueles que estão ao lado dos sofredores e abandonados.

Nossa solidariedade e apoio incondicionais a Dom Vicente Ferreira e a todos/as os que lutam pela vida, igualdade,  fraternidade e paz.

Assinam:

- Movimento Nacional de Fé e Política 

- Núcleo de Estudos Sociopolíticos da PUC Minas 

- Comissão Arquidiocesana Justiça e Paz da Arquidiocese de BH 

- Rede Brasileira de Fé e Política

- Centro Nacional de Fé e Política Dom Helder Câmara 

- Iser Assessoria

- SINFRAJUPE 

- Setor Ambiental do Vicariato Episcopal para a Ação Social, Política e Ambiental da Arquidiocese de BH

- Comitê Arquidiocesano de Bioética da Arquidiocese de BH

- Pastoral Operária

- Missionários Combonianos

- Anima/PUC Minas

- CLASP - Conselho de Leigos da Arquidiocese de São Paulo

- International Movement We Are Church - São Paulo/Brasil

- Conselho Nacional de Leigos e Leigas do Brasil - CNLB

- Pastoral Universitária PUC Minas 

- NEPAC/PUC Minas

- Academia de Juristas Católicos Humanistas da Arquidiocese de BH

- Instituto de Pastoral Vocacional

- CEFAP/ PUC Minas 

- Coletivo de Fé e Política 

- Articulação do Grito dos/as Excluídos/as de BH. 

- Movimento AMOR - Pastoral do Povo de Rua SASJT

- Cáritas Brasileira - Regional MG

- Movimento pela Soberania Popular na Mineração (MAM)

- Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB)

- Movimento Mineiro de Fé e Política

- Conselho Nacional de Igrejas Cristãs - CONIC MG

- Pastoral do Surdo da Arquidiocese de Belo Horizonte

- Pastoral Metropolitana dos Sem Casa - BH 

- Pastoral Carcerária - BH 

- Pastoral do Povo de Rua - BH

- Pastoral do Menor - BH

- Movimento Fé e Política -  Espírito Santo

- Movimento Fé e Política - Planalto Central (DF e Região Metropolitana)

- Região Episcopal Nossa Senhora do Rosário -  Arquidiocese BH

- Comissão Justiça e Paz - Brasília

- CEBI-MG

- Fraternidade Sacerdotal Jesus Caritas - Grupo MG Central

- Diáconos pela Vida

- Fórum Político Inter-religioso

- Setor Social do Vicariato Episcopal para a Ação Social Política e Ambiental

- Região Episcopal Nossa Senhora do Rosário (RENSER)

- Irmandade dos Mártires

- Movimento das Trabalhadoras e Trabalhadores por Direitos (MTD)

- Sindieletro - MG

- MiDHia- Comunicação e Direiros Humanos

- Comissão Dominicana de Justiça e Paz do Brasil

- Rede Grito Pela Vida (CRB/BH)

- Coletivo Mineiro Popular

- Coletivo Vozes Maria

- MiDHia- Comunicação e Direiros Humanos

- Pastoral da Juventude da Arquidiocese de BH

- Associação Campo das Vertentes

- Rede Nacional de Advogados e Advogadas Populares / Minas Gerais (RENAP/MG)

- Ação Franciscana de Ecologia e Solidariedade AFES

- Rede Igrejas e Mineração

6 comentários:

  1. Ser profeta sempre causou incômodo em quem não assume a verdade do Evangelho.
    Estamos unidos e solidários, dom Vicente.

    ResponderExcluir
  2. Solidariedade e apoio àqueles que lutam em defesa da Vida, fazendo acontecer o Reino de Deus entre nós!

    ResponderExcluir
  3. Solidariedade e apoio àqueles que lutam em defesa da Vida, fazendo acontecer o Reino de Deus entre nós!

    ResponderExcluir
  4. Solidariedade a esse guerreiro, lutador em defesa da vida!

    ResponderExcluir
  5. Minha solidariedade e respeito a ele e outros tantos que sofrem acusações e são perseguidos por lutarem e pregarem a justiça e proteção para o mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha solidariedade e respeito a D. Vicente e a todos os guerreiros e guerreiras que vivem com amor, coragem e alegria o Evangelho de Jesus.
      Unidos somos mais fortes.

      Excluir